PORTAL NIPPOBRASIL ONLINE - 19 ANOS
-
Fale conosco: adm@nippo.com.br   
Quinta-feira, 15 de novembro de 2018 - 20h54
DESTAQUES:
  Empregos no Japão

  Busca
 
  Seções NippoBrasil
   Comunidade
   Opinião
   Circuito
   Notícias
   Agenda
   Dekassegui
   Entrevistas
   Especial
-
  Variedades
   Aula de Japonês
   Automóveis
   Artesanato
   Beleza
   Bichos
   Budô
   Comidas do Japão
   Cultura-Tradicional
   Culinária
   Haicai
   História do Japão
   Horóscopo
   Lendas do Japão
   Mangá
   Pesca
   Saúde
   Turismo-Brasil
   Turismo-Japão
-
  Esportes
   Copa do Mundo 2014
   Copa das
 Confederações 2013
-
  Especiais
   Imigração Japonesa
   120 anos de Amizade  Japão-Brasil
   Bomba de Hiroshima
   Japan House
   Festival do Japão 2018
-
 Colunas
   Conversando de RH
   Mensagens
     Roberto Shinyashiki
-
 Veja mais  Classificados
   Econômico
   Empregos no Brasil
   Guia Profissionais
   Imóveis
   Oportunidades
   Ponto de Encontro
-
  Interatividade
   Fale com a Redação
-
  Institucional
   Quem somos


Caderno Bichos

Diabetes?

Doença pode acarretar problemas como cataratas, desidratação e convulsões

(Reportagem: Suzana Sakai | Foto: Divulgação)

Uma doença muito comum em seres humanos pode atingir seu bichinho. A diabetes pode se desenvolver em qualquer espécie de animal, mas é de ocorrência mais comum em cães e gatos. Entre os principais sinais da doença, destacam-se a poliúria (urina aumentada), a polidpsia (sede aumentada) e a polifagia (apetite aumentado). “Nas fases iniciais, como nos seres humanos, o animal pode apresentar ganho de peso; sede mais acentuada; urina mais clara e abundante do que o normal, algumas vezes é possível notar formigas ou outros insetos se concentrando no local onde o animal urina. Com a progressão da doença, ocorre perda de peso, apesar do aumento de apetite, pode aparecer diarréia ou constipação intestinal, vômitos; perda de ânimo e fraqueza; catarata; alterações de humor, como irritabilidade ou apatia, sonolência e, num estágio mais avançado, convulsões e morte”, afirma a veterinária e professora da Faculdade de Ciências da Saúde de São Paulo (Facis), Elizabeth Estevão.

As causas da diabetes em animais podem ser variadas. As mais comuns são: predisposição genética; infecções e inflamações; distúrbios hormonais como alterações das glândulas supra-renais, hipófise e pâncreas e tumores.

Tratamento e prevenção

Atividades físicas e uma alimentação adequada são indispensáveis tanto para o tratamento quanto para a prevenção da diabetes. “Para prevenir a doença, é necessário uma dieta balanceada; exercícios físicos condizentes com a espécie, a raça e a idade do animal, evitar excesso de peso; manter o animal vacinado, vermifugado, livre o quanto possível de doenças; acompanhamento periódico pelo veterinário e, na presença de qualquer sinal de anormalidade, procurar o profissional de sua confiança, possibilitando assim, o tratamento precoce”, diz Elizabeth.

Detectada a doença, o animal deverá consumir uma ração especial para diabéticos, em porções e horários recomendados pelo médico veterinário. “O uso de insulina é requerido sempre que os níveis de glicose no sangue ultrapassarem o normal. A dieta deve ser rigorosamente controlada; os exercícios físicos também. O acompanhamento constante pelo médico veterinário é indispensável”, orienta a veterinária.

 Pets do Leitor
 Arquivo: Pets
• Dia Mundial do Gato: veja como cuidar dos bichanos
• Saiba tudo sobre as vacinas
• Cuidados: Top 5 de verão
• Brincadeira que faz bem
• Esquilo da Mongólia
• Dia de banho!
• Atendimento de emergência
• Na hora da compra
• O melhor hotel para seu amigo
• Mais do que um bom amigo
• Adotar é tudo de bom!
• Alimentação para Aves: Balanceada e variada
• Independentes e bem nutridos
• Cuide bem da refeição do seu cachorro
• Evite as doenças de verão
• Câncer: diagnósticos e tratamento
• Tá nervoso? Vai brincar!
• Atenção com as unhas!
• Medicamento na medida certa
• Jabutis são animais tímidos e dóceis
• Um olhar esbranquiçado
• Calopsitas: Dócil e divertida
• Ferrets: Amistosos e brincalhões
• Animais idosos
• Diabetes?
• “Castrei, e agora?”
• Vermífugo: um importante aliado
• Iguana: Exótica e exigente
• Doenças do homem em animais de estimação
• Terapia comportamental
• Um pássaro do barulho
• “Cadê meu filhotinho?”
• Programa de adoção
• Florais para eles também!
• Um problema sazonal
• Top 5 de escovação
• Filhotes, filhotes, filhotes!
• Um coelho em sua vida
• “Que coceirinha...”
• Doença ou personalidade?
• Um peixe bom de briga
• Anticoncepcional: Problema ou solução?
• Meu pintinho amarelinho
• Cachorro Bem-Educado
• Farmácia Pet
• Adorável roedor
• Um amor de bicho
• Pet moderno

© Copyright 1992 - 2016 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados - www.nippo.com.br

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante.
Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

Sobre o Portal NippoBrasil | Fale com o Nippo