Portal NippoBrasil - OnLine - 17 anos
Quinta-feira, 19 de outubro de 2017 - 4h57
  Empregos no Japão

  Busca
 
  Seções NippoBrasil
   Comunidade
   Opinião
   Circuito
   Notícias
   Agenda
   Dekassegui
   Entrevistas
   Especial
-
  Variedades
   Aula de Japonês
   Automóveis
   Artesanato
   Beleza
   Bichos
   Budô
   Comidas do Japão
   Cultura-Tradicional
   Culinária
   Haicai
   História do Japão
   Horóscopo
   Lendas do Japão
   Mangá
   Pesca
   Saúde
   Turismo-Brasil
   Turismo-Japão
-
  Esportes
   Copa do Mundo 2014
   Copa das
 Confederações 2013
-
  Especiais
   Imigração Japonesa
   120 anos de Amizade  Japão-Brasil
   Bomba de Hiroshima
   Japan House
   Festival do Japão 2016
-
 Colunas
   Conversando de RH
   Mensagens
     Roberto Shinyashiki
-
 Veja mais  Classificados
   Econômico
   Empregos no Brasil
   Guia Profissionais
   Imóveis
   Oportunidades
   Ponto de Encontro
-
  Interatividade
   Fale com a Redação
-
  Institucional
   Quem somos


 
Um passeio nas alturas da Serra da Mantiqueira
 

(Arquivo NB)

A chegada do inverno é a época ideal para escolher um lugar aconchegante no meio das montanhas, entre as araucárias e pinheiros, arrumar as malas e subir a serra. E que tal aproveitar para explorar a grandiosa Serra da Mantiqueira? A formação extende-se pelos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo, e entre suas reservas de mata nativa, estão localizados vários refúgios com aquele clima gostoso e toque alpino que fazem nossa alegria nos meses de frio.

Opções não faltam, é só você escolher - a badalada Campos do Jordão, com seus bares e restaurantes; Joanópolis, a capital nacional do lobisomem, e a Represa Jaguari/Jacareí de 50km quadrados; Monte Verde, a vila que tem só uma avenida, de charme europeu e ar romântico; e a pequena Visconde de Mauá, com sua infinidade de cachoeiras e o Vale de Santa Clara. Portanto, confira os atrativos de cada cidade, escolha seu destino e boa viagem!

 

Campos do Jordão

Conhecida pela badalação e a vida noturna ativa, a cidade, também possui outros atrativos, como o museu ao ar livre Felícia Leirner, escultora polonesa radicada no Brasil, onde além das mais de 90 obras expostas, tem-se uma bela vista da região.

O Palácio da Boa Vista, inaugurado em 1964, apesar de ser utilizado até hoje pelo Governador de São Paulo como refúgio nos meses de inverno, é aberto à visitação. A casa abriga um acervo de 1.887 obras que incluem Anita Malfatti, Di Cavalcanti e Cândido Portinari, além da mobília dos 105 cômodos, datada dos séculos XVII e XVIII.

Para quem prefere a natureza, pode-se optar pelas caminhadas nos mais de oito mil hectares do Horto Florestal, onde habitam quatis, esquilos e papagaios-de-peito-roxo. Se a preferência é por um programa com mais adrenalina, vale à pena seguir de carro até o início da trilha que conduz a Pedra do Baú - enorme bloco de granito com 540 metros de comprimento e 340 metros de altura; são duas horas de caminhada até a base da formação e para completar a missão é necessário subir os 600 degraus para atingir o topo à 1.950 metros de altitude.

Como chegar: De São Paulo, pegue a Rodovia Ayrton Senna depois a Carvalho Pinto (SP 070) até a Rodovia Floriano Rodrigues.


A noite da cidade é sinônimo de agito e badalação


Joanópolis


Nas trilhas o visitante encontra
“achados” como esta capelinha

A estância turística, com 12 mil habitantes, é protegida pela Serra do Lopo, que mantêm a temperatura local na média dos 16°C. Além da formação rochosa, a reserva de mata nativa e a Represa Jaguari/Jacareí, com 50km quadrados de área, ajudam a criar este clima ameno - ideal para as pessoas que gostam de frio, mas não das temperaturas negativas.

Os visitantes de Joanópolis, podem escolher entre hospedar-se em frente a represa ou nas pousadas encravadas no meio da serra, em qualquer uma das alternativas tem-se uma bela vista.

A Cachoeira dos Pretos, com 154 metros de queda d’água, pode ser acessada de carro e não exige nenhum esforço, no local também há um restaurante e lojinha de artesanato.

Para quem quer colocar o pé na trilha, o Gigante Adormecido (Serra do Lopo), é uma boa opção, são 12km de extensão até o topo dos 1.725m da montanha, geralmente percorridos em uma hora e meia, de lá é possível avistar o Vale do Paraíba e cidades da Região Bragantina.

Como chegar: Deixe São Paulo pela Rodovia Fernão Dias (BR-381) sentido Belo Horizonte. Passe por Bragança Paulista e siga mais alguns quilometros seguindo a Saída nº 2, você estará na Estrada Entre Serras e Águas, de lá é só seguir até Joanópolis.


Monte Verde


Na vila em estilo europeu, a culinária alemã se mistura à mineira

Para aqueles que não querem respirar o ar cosmopolita de Campos, mas adoram o romantismo e serviços requintados, Monte Verde é uma ótima opção. Localizada em um vale, no alto da parte mineira da Serra da Mantiqueira, a vila em estilo europeu já chegou a registrar temperaturas de até -14°C, e não dificilmente atinge -10°C nas noites de inverno. Em Monte Verde, a culinária mineira divide espaço com a alemã, ou seja, doce de leite e strudel, tutu à mineira e joelho de porco, disputam nossa atenção, um verdadeiro deleite para nossos paladares.

A Trilha do Pinheiro Velho - homenagem ao pinheiro de 500 anos que habita a trilha - começa na avenida principal da cidade e leva, em poucos minutos, até o aeroporto da cidade, ou melhor, o mirante, a verdadeira atração, de onde se avista a vila inteira e as montanhas ao fundo.

As caminhadas para a Pedra Partida, Pedra Redonda e Chapéu do Bispo, são mais leves e podem ser feitas com crianças. Entre um passeio e outro, uma boa pedida é dar uma paradinha nas casas de chá.

Como chegar: De São Paulo, utilize a Rodovia Fernão Dias (BR-381) sentido Belo Horizonte. Entre em Camanducaia para acessar a estrada Monte Verde - Camanducaia. (até o Km 17)

 

Visconde de Mauá


Cachoeira do Escorrega: queda de 10m que acaba numa piscina natural

Localizada na Serra da Mantiqueira, é uma opção de turismo para quem procura o ar puro da montanha, o contato com a natureza e o charme da colonização européia. Os turistas que escolherem a região irão encontrar inúmeras opções de cachoeiras, cardápio variado e muita tranqüilidade.

Em uma área de proteção ambiental, Visconde fica a uma altitude de 2 mil metros, o que proporciona um clima tropical de montanha, com um inverno rigoroso e um verão suave. Encravada na divisa de Minas Gerais e Rio de Janeiro, a região concentra as vilas de Mauá (Resende-RJ), Maringá-Rio (Itatiaia-RJ) e Maringá-Minas (Bocaina-MG).

Um dos pontos mais conhecidos é o Vale de Santa Clara, em que é possível atravessar pela mata toda a montanha e se deparar com uma paisagem de tirar o fôlego. No final deste passeio, que dura cerca de uma hora e meia, a pedida é se refrescar na Cachoeira de Santa Clara.

Um programa obrigatório de Visconde é o Escorrega, em Maromba. Uma cachoeira em uma pedra lisa que proporciona uma queda de 10m, com direito a um mergulho no final em uma piscina natural de águas límpidas e geladas. Depois do banho no rio, a parada nos quiosques próximos é obrigatória.

Como chegar: A principal via de acesso a Visconde de Mauá é a Rodovia Presidente Dutra (BR-116). De São Paulo, siga até a saída 311, entre as cidades de Itatiaia e Resende. Ao sair da Dutra, continue até a entrada de Penedo e siga as indicações para Visconde. Evite de ir em dias chuvosos, mesmo com o carro em perfeitas condições, pois na parte final do caminho é preciso enfrentar 10 km de serra em estrada de terra.

 

Arquivo NippoBrasil - Edição 212 - 25 de junho a 1 de julho de 2003
 Arquivo - Turismo Brasil
Arquivo NippoBrasil - Edição 212
• Um passeio nas alturas da Serra da Mantiqueira
Arquivo NippoBrasil - Edição 210
• Onsens: Estâncias termais que garantem relaxamento e diversão
Arquivo NippoBrasil - Edição 209
• Ilha Grande
Arquivo NippoBrasil - Edição 207
• Poços de Caldas: O santuário da paz
Arquivo NippoBrasil - Edição 206
• Circuito das águas mineiro
Arquivo NippoBrasil - Edição 204
• Redescobrindo o Litoral Sul de SP
Arquivo NippoBrasil - Edição 203
• Serras Gaúchas
Arquivo NippoBrasil - Edição 201
• Socorro abre a porteira para o turismo
Arquivo NippoBrasil - Edição 200
• Circuito das águas
Arquivo NippoBrasil - Edição 198
• Santos: Muito além do Jardim
Arquivo NippoBrasil - Edição 192
• Maranhão, o segredo do Brasil
Arquivo NippoBrasil - Edição 190
• Histórias do Grande Sertão Veredas em Minas Gerais
Arquivo NippoBrasil - Edição 188
• Turismo ecológico no Rio Grande do Norte
Arquivo NippoBrasil - Edição 184
• Península de Maraú: uma delícia baiana
Arquivo NippoBrasil - Edição 180
• Pirenópolis, um pedaço do Cerrado Brasileiro
Arquivo NippoBrasil - Edição 176
• Parque Nacional da Chapada Diamantina, natureza em abundância
Arquivo NippoBrasil - Edição 174
• Santa Catarina é só festa
Arquivo NippoBrasil - Edição 172
• Turismo Cultural em Paranapiacaba
Arquivo NippoBrasil - Edição 170
• Parque Nacional da Bocaina: Natureza e sossego em abundância
Arquivo NippoBrasil - Edição 168
• Maringá: Os encantos da “Cidade Verde”
Arquivo NippoBrasil - Edição 166
• Águas de São Pedro, um pequeno paraíso no interior de São Paulo
Arquivo NippoBrasil - Edição 162
• Santo Amaro da Imperatriz, águas termais e aventura em Santa Catarina
Arquivo NippoBrasil - Edição 158
• Amazônia com conforto
Arquivo NippoBrasil - Edição 136
• Fernando de Noronha: Patrimônio Natural da Humanidade
Arquivo NippoBrasil - Edição 132
• Ilhabela: O encanto do litoral paulista
Arquivo NippoBrasil - Edição 131
• Porto Seguro: Praia de Santo André
Arquivo NippoBrasil - Edição 127
• Ecoturismo: Uma visão diferente de Santa Catarina
Arquivo NippoBrasil - Edição 123
• Araxá
Arquivo NippoBrasil - Edição 115
• Costa do Sauípe: Lazer, Paisagem e Comodidade
Arquivo NippoBrasil - Edição 113
• Caldas Novas: Opção para se esquentar no inverno
Arquivo NippoBrasil - Edição 111
• Pescaria: Os encantos da natureza são infindáveis
Arquivo NippoBrasil - Edição 109
• Jacobina: Circuito das Cachoeiras na Bahia
Arquivo NippoBrasil - Edição 105
• Pantanal
Arquivo NippoBrasil - Edição 103
• João Pessoa: ponto extremo oriental das Américas

A empresa responsável pela publicação da mídia eletrônica www.nippobrasil.com.br não é detentora de nenhuma agência de turismo e/ou de contratação de decasségui, escolas de línguas/informática, fábricas ou produtos diversos com nomes similares e/ou de outros segmentos.

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante. Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

© Copyright 1992 - 2017 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados - www.nippo.com.br

89 usuários online


Redação: editor@nippo.com.br

Diretoria: diretoria@nippo.com.br

Vendas: anuncie@nippo.com.br

Tel: (11) 9 5371 4019 (TIM)

Mais contatos e envio de releases